Paulo Izael
Escrevo o que sinto, mas não vivo o que escrevo.
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
NÓS DOIS...!

Você chegou tão delicada,
A própria beleza da flor,
Feito pluma azul que levita...
Desatou meus nós,
Clareou minha vida
Acendeu o meu sol
E prateou a lua para nós dois.
A primeira vez que
Meus olhos
fotografaram os teus,
senti a brisa do amor
aquecer meu coração.
E foi assim que minha alma
Fez-se enamorada da tua.
Ao som da orquestra do amor,
O revoar dos colibris
Preencheu o ar de felicidade.
Tamanha alegria não há de findar.
Que jamais nos falte a paz
E a infinita vontade de namorar
Que sempre acontece sem avisar.
Paulo Izael
Enviado por Paulo Izael em 07/07/2016
Alterado em 07/06/2020
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários