Paulo Izael
Escrevo o que sinto, mas não vivo o que escrevo.
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
MELANCOLIA



Hoje, angustiado relembro o passado.
Faz muitos anos que nos separamos.
Ouço melodias penosas e desando.
Bares
Mulheres
Bebidas
Jogatinas
Solidão
O meu sonho passou e o amor continua.
Amanheço sobre mesas beijando tua foto.
Essa doença não passa e a paixão arde.
Observo
Flerto
Faço amor
Padeço
Solidão
Toda vez que teimo em relembrar...
Caio num choro sem fim que castiga.
Faço da bebida o meu escudo e me calo.
Amantes
Motéis
Noitadas
Álcool
Solidão
No peito começo a sentir a rejeição.
Prometemos nunca vivermos separados,
Agora aturo a triste separação.
Botecos
Outras
Todas
Amargura
Solidão
Onde está o amor que brotou um dia,
Porque tudo é escuro e você não aparece,
Onde foi parar o amor se tudo é melancolia e solidão?
Paulo Izael
Enviado por Paulo Izael em 02/07/2005
Comentários