Paulo Izael
Escrevo o que sinto, mas não vivo o que escrevo.
Capa Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos
COMUM, ASSIM É VOCÊ!


Esqueci de você, sabia?
Ignorei seus versos
E descartei suas gentilezas,
Seu modo de viver,
Inconseqüente era.
Alimentava meu sonho.
Hoje percebo,
Que vegetava em falsos ideais.
Você não representa nada para mim,
Tudo terminou
Feito uma manhã qualquer
De um dia comum.
Não enxerguei seu lado especial.
Hoje relembro o passado;
Aturdido, preocupado,
Entretanto,
Totalmente apaixonado;
... Por outra !
Comum, assim é você.
Paulo Izael
Enviado por Paulo Izael em 01/07/2005
Comentários